Figo Fresco

Nutrientes e benefícios

Cálcio
Cálcio
Mantém os ossos saudáveis. Auxilia o sistema circulatório e no relaxamento dos músculos. É vasodilatador e ajuda a manutenção do ritmo cardíaco.
Cobre
Cobre
Ajuda na absorção de ferro e vitamina C, fortalecendo o sistema imunitário. Auxilia a produção de melanina.
Ferro
Ferro
Ajuda no crescimento e desenvolvimento celular. Importante para o nosso corpo criar hemoglobina, transportando oxigénio para todo o corpo e reduzindo fadiga.
Fibra
Fibra
Reduz a absorção de colesterol, regula o trânsito intestinal e promove a saciedade.
Fósforo
Fósforo
Ajuda na formação óssea. Trabalha na formação do ADN e RNA.
Magnésio
Magnésio
Alivia contração muscular e é importante para a manutenção do ritmo cardíaco normal. Contribui para uma normal função psicológica e para a manutenção de ossos e dentes normais.
Potássio
Potássio
Regula o normal funcionamento dos rins, coração e músculos. Responsável pelo crescimento celular.
Selénio
Selénio
Fortalece o sistema imunitário. Ajuda a regular o funcionamento da tiróide. Antioxidante.
Vitamina A
Vitamina A
Essencial ajuda para a visão. Auxilia o normal funcionamento do sistema imunitário e reprodutivo. Contribuí para a manutenção da pele, dentes e tecido ósseo.
Vitamina B1
Vitamina B1
Importante para o metabolismo energético. Ajuda no crescimento, desenvolvimento e função celular. Ligeiro efeito diurético.

Descrição

O figo fresco é um fruto doce e carnudo. É muito suculento, talvez porque é rico é água. A sua pele, fina, pode ser preta, roxa ou verde. O seu interior verde ou vermelho estriado, tem minúsculas sementes sementes comestíveis.

Como escolher/Conservar

Prefira figos sem manchas ou pintas castanhas. Consuma-os enquanto estão firmes. Quando amadurecerem, mantenha-os no frigorífico e consuma-os em pouco tempo.

Como consumir

Figo fresco ao natural
Figos assados com queijo chèvre, mel e nozes
Compota de figo

Curiosidades

O figo foi uma das primeiras plantas cultivadas pelo ser humano. Está registado na História como fonte de alimento há mais de onze mil anos. Foi cultivado pela primeira vez no Egito antigo.

Sazonalidade

  • JAN

  • FEV

  • MAR

  • ABR

  • MAI

  • JUN

  • JUL

  • AGO

  • SET

  • OUT

  • NOV

  • DEZ